Por Istefani Marcos e Lisiane Rossi

Falar inglês fluentemente é o sonho de muita gente. Porém, se você quiser realmente atingir esse sonho é muito importante lembrar que entre o sonho e a realidade é preciso suar muito a camiseta’. Afinal, no pain, no gain (sem esforço você não vai ganhar nada).
Então, confira algumas dicas para você atingir seus objetivos:
1. O inglês tem que fazer parte da sua vida
Sabe tudo o que você faz em português? Passe a fazer em inglês!
Assistir séries? Só se for em inglês. Ouvir músicas? Em inglês, é claro! O sistema operacional do seu celular? Mude o idioma para inglês. Notícias na internet? Tem que ser em inglês!
Isso vai fazer com que você melhore a sua pronúncia e aprenda vocabulário muito mais rápido. Mudanças simples, mas que podem fazer toda a diferença para quem quer falar inglês.

2. Converse
Qual a melhor forma de aprender um novo idioma? Conversando, é claro. Não adianta conversar apenas na sala de aula, é preciso levar o idioma para onde você for.
“Ah, mas eu não conheço ninguém que saiba inglês, e viajar no momento está fora de cogitação”. Não se preocupe! Com acesso à internet você pode ter acesso ao mundo.
Hoje ficou muito mais fácil conversar com falantes nativos do inglês. Além do Facebook, existem sites e aplicativos especializados em idiomas.
Uma opção é o aplicativo “HelloTalk”, em que pessoas de várias partes do mundo se conectam com um único objetivo: aprender um novo idioma. O app funciona como uma troca de conhecimento, por exemplo: Eu falo português nativo e quero aprender inglês. Então, posso conversar com algum nativo em inglês que quer aprender português. Um ajuda o outro, um ensina o outro. Além de ter a vantagem de conhecer alguém com uma cultura diferente da sua.

3 – Não desista
Por que você decidiu aprender inglês? Então quando bater aquela vontade de desistir, lembre-se do motivo e persista. Todo mundo sabe que aprender um novo idioma não é um projeto a curto prazo… mas também todo mundo que tem determinação consegue falar fluentemente. Não desista!

4) Use a internet, tv a cabo, livros digitais
Mesmo quem não tem muito tempo livre, pode ter acesso a muitas ferramentas tecnológicas e digitais para ficar conectado com a língua inglesa. Que tal tomar café da manhã assistindo a CNN ou escutando estações de rádio americanas, inglesas, ou australianas? Você pode escutar qualquer rádio se baixar o app Tune in. Se quiser acompanhar a economia ou política americana procure o programa Anderson Cooper da CNN.
Você ainda tem a opção de ter uma série de materias didáticos digitais para interagir em conversações ou para praticar todos os dias. As editoras Cambridge e Pearson, entre inúmeras outras, disponibilizam centenas de livros para acelerar o aprendizado. Use a internet a seu favor.

5) Não tenha medo de errar
Se você realmente quer aprender inglês mais rápido lembre que além de ter muita persistência, é preciso saber que os erros vão fazer parte do aprendizado. Não tenha receio de errar. Afinal, você com certeza cometeu muitos erros antes de falar português fluentemente, não é? Com o inglês também não vai ser diferente. Cada dia novos aprendizados. O problema não é errar. O problema é não querer interagir só pelo medo de errar.